Archive for the My dad can beat up your dad! Category

Feliz dia das mulheres, papai

Posted in dunk sincerity, My dad can beat up your dad!, pensamento do dia with tags , , on 8 março 2011 by punkdoc

Sou mulher e sou roqueira desde criancinha, mas passei a maior parte da minha vida repudiando bandas femininas. Durante a adolescência eu tinha ‘nojinho’ daquelas garotas que eu via na MTV de batom vermelho borrado e cabelo despenteado com aspecto sujo. Toda vez que meu pai vinha mostrar para mim (para me incentivar) uma mulher tocando eu sentia um desconforto, um contrangimento que eu não sabia explicar, mas que hoje em dia tem um nome: “vergolha alheia de mim mesma”.

Eu simplesmente odiava bandas que levantavam a bandeira feminista, que falavam mal dos homens e pregavam que a mulher que se depila está se transformando em objeto sexual perante a sociedade etc;

Demorei muitos anos para entender porque eu me sentia desse jeito, tão desconfortável. Na verdade, a coisa era muito simples… Se tem outra palavra/conceito que eu odeio e também me faz sentir vergonha alheia de mim mesma é superação. Sempre ouvia que essas mulheres roqueiras tiveram que superar muita coisa em suas vidas para conseguir serem respeitadas e se expressar daquela maneira. Eu achava isso uma forçação de barra enorme…afinal o que havia de tão ruim e difícil em ser mulher? Por que que era diferente de ser homem?

Eu não entendia para quê tanto alarde em relação a isso devido à criação que eu tive. Meu pai criou para mim um mundo de total igualdade entre meninos e meninas, em que eu brincava de cybercops e jogava bola com meus primos (que viviam mais lá em casa do que na casa deles) com a mesma naturalidade que meus primos brincavam de casinha comigo. Eu subia em árvore e andava de skate mas pintava a unha de rosinha cintilante e era tudo normal.

Então, neste dia 8 de Março, eu quero agradecer a você, Papai, por ter me feito acreditar que a mulher pode ser/fazer o que ela quiser na vida, da astronauta à dona de casa; de rebelde à romantica; de roqueira à médica.

Meu pai, meu herói!

Posted in My dad can beat up your dad! on 8 agosto 2010 by punkdoc

Meu pai, assim como todos os bons pais, sempre dão um jeito de tirar o rebento da furada. Mas dessa furada, só mesmo O MEU PAI (porque meu pai é foda!).

Ele tocou com a minha banda!

Sim! Eu tinha 17 anos e tocava numa bandinha que estava com um show marcado pro fim de semana… Eis que na quinta ou sexta feira recebemos a notícia: O nosso baixista estava de castigo porque tinha tirado nota baixa e não poderia tocar.

Os moleques me ligaram desesperados, mas eu nem me abalei. Pois eu tinha a solução: MEU PAI!

Dei um cdzinho com as músicas para ele tirar, pois não havia tempo para ensair. Quando chegou a hora do show, ele arrumou um lugarzinho escondido no palco, meio atrás da cortina, para que ninguém conseguisse vê-lo, porque ele estava se achando ridículo tocando no meio de um monte de adolescentes.

O show correu muito bem até que ao final, o vocalista falou: -“Pô, galera, eu queria fazer um agradecimento especial aí pro Seu Damião, pai da nossa batera, que veio substituir nosso baixista em cima da hora. Palmas pra ele!”

E nesse momento, meu pai morreu de vergonha.

Foi a forra, afinal, todo adolescente reclama que seu pai o faz “pagar mico” (ou pelo menos assim se falava na minha época).

E é por essa e muitas outras que eu AMO O MEU PAI!